top of page

Agência de Design egressa da UNESP leva a sustentabilidade para empresas brasileiras

“Hoje enxergamos (o design) enquanto ciência, onde tudo que produzirmos irá afetar o mundo de alguma forma”, diz Lucas Melara, Designer Chefe da LM&Companhia.


Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), apresentados pela Cúpula das Nações Unidas de 2015, se caracterizam por abordarem os principais desafios de desenvolvimento enfrentados por pessoas no Brasil e no mundo.

A LM&Companhia, Agência de Design especialista em branding e desenvolvimento de plataformas para empreendedores de pequenas e médias empresas, por meio de seu Designer Chefe e fundador Lucas Furio Melara, mestrando em Design pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (FAAC/UNESP), atua em prol dos 17 ODS. “O design se enquadra especialmente quando estamos falando em termos de gestão porque, até o momento, vemos muitas pessoas associando o design somente a estética, mas hoje o enxergamos enquanto ciência, onde tudo que produzirmos irá afetar o mundo de alguma forma”, afirmou em entrevista concedida para a matéria.

Apresentação no Congresso de Ensino em Design da Universidade de Palermo em Buenos Aires. Fonte: Acervo pessoal

Lucas explicou a importância do design para a sustentabilidade, salientando que a Agência “se inspira muito pela economia criativa, seja das periferias, porque as pessoas estão produzindo coisas para sobrevivência, do que necessariamente você dar valor para um processo de indústria e replicação de bens em um sistema”, reforçando também as problemáticas envolvendo o crescimento econômico, visto que elas colaboram diretamente para o esgotamento dos recursos naturais do planeta e pelos inúmeros problemas ambientais existentes na atualidade.

Portanto, a LM surgiu com o propósito de obter os objetivos apresentados pela Agenda 2030, juntamente com a presença de empresas e organizações que compartilham dos mesmos ideais. Segundo o designer, "temos o privilégio de trabalhar com pessoas que querem fazer das suas empresas, assim como a gente, um canal para inovação social (...) e reunimos dentro dessas conexões, saberes e conhecimentos multidisciplinares que assim podemos operar enquanto rede para alcançar os ODS”.

Ação para comemorar o aniversário da Agenda 2030 proposta pela Organização das Nações Unidas. Fonte: Acervo pessoal

Outro tópico de suma importância reiterado pelo entrevistado é a percepção de que “não é uma mudança drástica que vai transformar nosso globo”, ou seja, os inúmeros indivíduos empenhados nas práticas sustentáveis são os principais responsáveis pela mudança em si, tanto que a Agência acredita que dar voz à pequenos e médios empreendedores é uma das soluções encontradas, já que os mesmos são responsáveis por transformar nossas localidades.

Além disso, os cidadãos podem contribuir de diversas maneiras, em conjunto com a LM & Companhia, no alcance das metas e indicadores dos ODS, como através de projetos não remunerados, onde a população pode se voluntariar diretamente à sociedade civil organizada ou universidade pública e participar de projetos que englobam desde ações de combate a fome, até a promoção da cultura.

Youth Speak Fórum 2019 - Em prol de lideranças jovens e o desenvolvimento sustentável Fonte: Acervo pessoal

Os clientes da Agência também são diretamente responsáveis pelas mudanças positivas resultadas dos ODS, pois todos os contribuidores envolvidos também estão buscando transformar o planeta e, juntamente neste processo, a LM destina um quarto de suas vendas para ações sociais dentro da empresa. Portanto, Lucas finalizou a entrevista reiterando que “não é uma grande mudança que vem por aí, são várias pessoas transformando nosso sistema”, e agradecendo seus colaboradores presentes nesses quatro anos de vigência da empresa.


Comments


bottom of page