top of page

3 Perguntas: Daiana Kodama - gestão financeira para microempreendedores



Daiana Kodama, 37, é graduada em administração e comércio exterior, com MBA em gestão empresarial. Está há 12 anos no Sebrae, onde é consultora e gestora de negócios na sede regional de Araçatuba. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) é uma instituição que desenvolve serviços de formação e apoio fiscal, como forma de impulsionar o setor no Brasil.


A gestão financeira em microempresas é um segmento de trabalho que pode trazer receios. No entanto, mesmo que seja uma micro ou macro empresa, o planejamento estratégico é essencial para o equilíbrio fiscal. Por isso, é preciso ter controle de fluxo de caixa e adotar práticas de planejamento, por exemplo, além de controle de gastos e regularização fiscal.


Com uma ampla trajetória na área de gestão, Daiana defende alguns hábitos simples para os microempreendedores terem equilíbrio fiscal. Por isso, convidamos a consultora para explicar mais sobre como a gestão financeira é essencial para as microempresas. Confira abaixo a entrevista do #3Perguntas!


LM: Qual a relevância da área de finanças para pequenas empresas e empreendedores de economia criativa?

D.K: A área de finanças é um alicerce nas atividades do dia a dia da empresa. Sem dinheiro, controle ou conhecimento da necessidade de quanto dinheiro precisa, as ações da empresa ficam amarradas ou são arriscadas sem apoio para as decisões de quais rumos a seguir.


LM: Como o MEI pode usar o planejamento estratégico financeiro no dia a dia?

D.K.: É possível usar o planejamento estratégico financeiro para saber controlar seu dinheiro, anotando todas as entradas de dinheiro e todas as saídas de dinheiro no dia que eles ocorrem; entender qual a necessidade de capital de giro; se ele está com uma boa formação de preço; para saber quais produtos/serviços são mais rentáveis, por exemplo. Outro aspecto importante do planejamento estratégico financeiro é ter controle separado do dinheiro da empresa e o dinheiro pessoal, que podem gerar confusão quando estão misturados.


LM: Que conselho você daria para quem deseja aprofundar os conhecimentos na área?

D.K.: Comece pelos cursos básicos sobre finanças (presenciais ou online), converse com outros pequenos empresários que fazem controle financeiro e pratique o hábito de anotar todas as contas da empresa, como entradas e saídas.


Para acessar a consultoria financeira do Sebrae procure a unidade mais próxima, acompanhe a programação dos cursos no site www.sebrae.com.br, ou ligue no 0800 570 0800 para se inscrever nos cursos disponíveis.


Comments


bottom of page